Chico e Alaíde, uma orgia gastronômica no boteco

São mais de 40 tipos de petiscos que fazem do Chico e Alaíde uma orgia gastronômica no boteco!

Localizado numa das esquinas mais movimentadas do Leblon, no Rio de Janeiro, o Chico e Alaíde, é um ponto de encontro para as boêmias e boêmios do bairro.

IMG_7844

Os petiscos do Chico e Alaíde são de deixar qualquer um de boca aberta! Então vá com fome e entre nessa orgia de cabeça na porção de carne seca com farofa (foto acima).

IMG_7847Depois se jogue sem pudor no bobozinho de macaxeira com camarão, no totivendo de jerimum com camarão e catupiry, no nosso querido torresminho e na “impossível comer uma só” muquequinha da Alaíde (foto acima).

IMG_7845

Mas vai comer tudo isso sem beber nada? Lógico que não! As caipirinhas do Chico e Alaíde dão vontade de mergulhar dentro do copo (foto acima) e o chope é estupidamente gelado!

Para maiores informações, clique no nome do estabelecimento, no primeiro parágrafo do texto.

Galeto Sats, a melhor saideira do Rio de Janeiro

Com porções super saborosas, chope gelado, caipirinhas caprichadas e muitas opções de cachaças, o Galeto Sats, é a melhor saideira do Rio de Janeiro.

Localizado no coração de Copacabana, no Rio de Janeiro, o Galeto Sats, é um boteco espetacular!

IMG_7838

Nossa sugestão é chegar e pedir de cara um chope gelado, uma porção de pão de alho e uma porção de coração de galinha! Aí já vai dar para ter ideia de como a sua experiência no Galeto Sats vai ser repleta de sabores e sensações.

Em seguida, peça a farofa de ovo e o galeto, se estiver com muita fome peça um picanha fatiada também! Para acompanhar, uma caipirinha de limão ou maracujá, de cachaça, é lógico!

IMG_7840

Agora decida quais das porções do Galeto Sats você gostou mais e peça de novo para acompanhar as várias cachaças que você vai querer experimentar!

Ah, e por que é a melhor saideira do Rio de Janeiro? Porque o Galeto Sats fica aberto todos os dias, do meio dia até às 5h da manhã. Juro! E sim, sempre está cheio!

Para maiores informações, clique no nome do estabelecimento, no primeiro parágrafo do texto.

Severyna, um achado na Glória

Quando estiver com muita fome e sede de caipirinha, vá ao Severyna, um achado na Glória!

IMG_7827

Sábado à noite, caminhando sem rumo pela Glória, no Rio de Janeiro, com uma fome gigante e uma vontade louca de tomar uma caipirinha bem feita, dei de cara com Severyna!

Severyna é um boteco delicioso, com um cardápio que mistura o melhor da culinária nordestina, como baião de dois, carne de sol, carne seca, feijão de corda, macaxeira, pirão de leite, camarão, entre outros, com pérolas da cozinha portuguesa, como o bolinho de bacalhau. Nossa sugestão é o Juntinho (carne de sol fatiada, carne seca desfiada, baião de dois, tutu e macaxeira frita) é sensacional e serve, tranquilamente, quatro pessoas, apesar de estar indicado para duas pessoas, no cardápio.

O ambiente do Severyna é bem simples, o salão é amplo e tem ar condicionado, o atendimento é rápido e acolhedor.

E a caipirinha, ah a caipirinha, é tão boa, mas tão boa que não consegui esperar a comida chegar para ela sair completa na foto.

IMG_7825

Agora vocês já sabem, estão à toa pela Glória, estão com uma fome descomunal ou estão sedentos por uma caipirinha tradicional muito bem feita, corram para a Severyna da Glória e sejam felizes para sempre!

Para maiores informações, clique em cima do nome do estabelecimento, no primeiro parágrafo.

Espírito Santa, um restaurante divino em Santa Teresa

Uma fachada simples esconde vários ambientes incríveis, com bebidas e comidas deliciosas, assim é o Espírito Santa, um restaurante divino em Santa Teresa.

Em um domingo comum, no Rio de Janeiro, resolvi ir a pé da Glória até Santa Teresa, quem conhece o caminho sabe que tem uma subidinha invocada, claro que cheguei lá em cima morrendo de fome e sede, passei por um restaurante alemão que não me chamou muito a atenção, um pouco mais a frente uma moça simpática, me mostrou o cardápio de outro restaurante, o Espírito Santa, ela contou que a chef é manauara e me convidou para conhecer a casa, a fachada era bem simples, mas quando eu entrei…

Espírito_Santa-001

O primeiro salão, mais perto da porta, é bem aconchegante, dali é possível ir para um terraço ao ar livre ou descer uma escada até um salão maior, com ar condicionado, muito confortável. Como estava super calor, resolvi ficar no salão maior do piso inferior, a vista, para as casas antigas e majestosas de Santa Teresa, é a mesma do terraço. De cara já me senti muito à vontade no Espírito Santa.

O garçom rapidamente trouxe o cardápio e nós pedimos uma caipirinha de maracujá e um coquetel da casa, o Sateré Maué, drink super refrescante com guaraná, vodka, suco de laranja e gengibre.

Espírito_Santa

Para acompanhar os drinks, pedimos dois pratos com carne, o Guerreiro (medalhão de mignon grelhado com queijo brie e crosta de pão ao alho, molho de vinho e chips de batata) e o Picadinho Atolado (filé mignon picado na faca salteado com vinho, servido sobre aipim manteiga cozido, farofa de erva mate à moda do Vergara).

Todos os pedidos feitos no Espírito Santa estavam sensacionais, mas o que mais nos surpreendeu e fez um namorado que não gosta de doces devorar a sobremesa, foi o Maracatu (tortinha crocante de chocolate recheada com doce e geleia de cupuaçu, crocante de castanha e calda de chocolate), minha boca enche de água só de pensar.

Elogios não conseguem descrever a maravilha que é este lugar, vocês têm que conhecer o Espírito Santa!

Para maiores informações clique em cima do nome do estabelecimento, no primeiro parágrafo.

La Révolution Fizz – O Campeonato de Drinks da Cointreau

Na última segunda, dia 30/11/2015, fomos conferir a grande final do campeonato de drinks da Cointreau: La Révolution Fizz, que aconteceu no PanAm, na cobertura do Maksoud Plaza, em São Paulo.

Foi uma tarde inteira de disputas entre bartenders para descobrir quem é @ don@ da melhor variação do drink Cointreau Fizz. O drink original consiste da combinação de Cointreau, limão taiti e água gaseificada, o grande desafio dos competidores era criar uma versão inusitada do Cointreau Fizz.

O júri, formado por executivos da Rémy Cointreau, da Interfood, distribuidora dos produtos da empresa no Brasil, e por profissionais da gastronomia, selecionaram as novas versões, levando em consideração criatividade e inovação, praticidade, paladar, aroma e aparência de cada drink.

Cointreau

Os grandes vencedores, entre os dez finalistas do concurso La Révolution Fizz, foram:

Em terceiro lugar, Mauro Gabriel Fernandes Lopes, do Uniko (Rio de Janeiro), com o criativo Galileia Fizz (mistura de cravo, kiwi, limão, Cointreau e soda).

Em segundo lugar, Márcia Aparecida Martins, do Maní (São Paulo), com o coquetel Maní Cointreau Fizz (morangos, amoras adormecidas no Cointreau por três dias, limão, Cointreau, água com gás e hortelã).

E em primeiro lugar, Alexandre Serignolli D’Agostino, do Spot (São Paulo), com o drink Révolution avec Élégance (mistura de Cointreau, Rémy Martin, suco de limão, hortelã, Angostura e água gaseificada).

Confira a seguir as receitas vencedoras:

1º colocado: Alexandre Serignolli D’Agostino
Révolution avec Élégance
50 ml de Cointreau
30 ml de suco de limão
10 ml de Rémy Martin
Hortelã
Angostura
Água gaseificada.
Bater todos os ingredientes na coqueteleira, menos a hortelã e a Angostura. Servir na taça com gelo e completar com a água e a Angostura.

IMG_4990

2º colocada: Márcia Aparecida Martins
Maní Cointreau Fizz
2 morangos finamente cortados
5 amoras adormecidas no Cointreau por 3 dias
½ limão
1 dose de Cointreau
100 ml de água com gás
1 ramo de hortelã.
Degelar as amoras no Cointreau e reservar. Em uma taça, colocar três pedras de gelo, o suco de limão, o Cointreau, as amoras e completar com água com gás. Finalizar a taça com um ramo de hortelã.

3º colocado: Mauro Gabriel Fernandes Lopes
Galileia Fizz
5 grãos de cravo
1 kiwi
33 ml de limão espremido
50 ml de Cointreau
60 ml de soda (água com gás).
Macere os cinco grãos de cravo e o kiwi na coqueteleira, adicione o limão espremido, o Cointreau e o gelo. Bata vigorosamente e faça uma dupla coagem para taça guarnecida com gelo. Somente após isso acrescente a soda. Decore com meia-lua de kiwi, meia-lua de limão e um grão de cravo espetado.

Parabéns para todos os participantes!