Casa Avós, nosso quintal em São Paulo

Inaugurada em dezembro de 2016, na Rua Croata, 679, Vila Ipojuca, em São Paulo, a Casa Avós é aconchegante e acolhedora, tipo quintal da nossa avó e reúne as cervejas da marca paulista Avós, chopes vendidos para serem levados em growlers ou crowlers, além de charmosos souvenirs cervejeiros.

Com menos de um ano de mercado, a cerveja cigana de DNA caseiro batizada de Avós, nascida da paixão do publicitário e cervejeiro Junior Bottura pelas panelinhas e uma celebração ao vínculo que teve a sorte de cultivar com todas as suas avós e bisavós, abriu ao público sua sede no dia 8 de dezembro, a Casa Avós.

Avós

A Avós trouxe uma máquina semi-automática de enchimento de crowler, que permite que o chope seja enlatado na hora, em recipientes de um litro para o cliente levar embora. Ocupam as prateleiras da Casa Avós, charmosos souvenirs cervejeiros como camisetas, meias, bonés, copos, abridores, kits com duas garrafas (300 ml cada) e geleias feitas com a própria bebida.

Para comemorar a nova fase da marca, a Avós engatou em seu Growler, uma receita exclusiva, vendida apenas no local como chope, a Vó Juca, nome que homenageia o bairro, é a versão da cigana para o elegante estilo Pilsen, cerveja de corpo baixo, dourada, de espuma clara, que apresenta aroma de lúpulo floral e herbal, atinge 14 IBUs e no paladar o amargor fino dos lúpulos tchecos se sobrepõe aos sabores de pão provenientes do malte, entrega boa bebilidade e muito frescor.

Os rótulos da cerveja paulista que circulam nas torneiras da Casa Avós são: os primogênitos Vó Maria, a Baixinha Porreta, produzida com o mesmo carinho de quando era feita nas panelinhas, é a leitura de Junior para um dos estilos mais adorados pelos hop heads, o India Pale Ale. Proporciona ao consumidor uma receita de visual âmbar claro, com 7% de teor alcoólico e 65 IBUs que conferem amargor intenso e elegantemente equilibrado. No nariz ela traz aroma cítrico que remete a frutas amarelas como maracujá e manga. Já a sua Hoppy Lager, medalha de prata no South Beer Cup 2016, chamada de Vó Maria e o seu lado Zen, de cor dourada e espuma branca, entrega ao paladar uma cerveja de corpo baixo, com 4,9% de teor alcoólico e refrescante. Com amargor sutil garantido por seus 18 IBUs, elaborada com o mesmo dry hopping da Baixinha Porreta, técnica que infusiona lúpulos durante a etapa fria do processo de produção e confere riqueza de aromas, a cerveja alcança com leveza notas cítricas e frutadas.

A marca conta também com receita que funde as personalidades dos seus dois primeiros estilos, envasada em lata de alumínio e batizada de Vó Maria In Concert, trata-se de uma India Pale Lager que mescla os lúpulos Citra e Crystal, usados na India Pale Ale e na Hoppy Lager e ainda inclui a variedade Equinox. A ideia nasceu do evento promovido pela cerveja Avós que harmonizou jazz e blues com suas cervejas. A Vó Maria In Concert também está disponível em chope no espaço, tem visual dourado, amargor moderado, chega a 50 IBUs e tem 6,1% de teor alcoólico. As variedades de lúpulos usadas entregam ao olfato, citricidade e toque frutado e resinoso, que remete a pinho. Na boca a cerveja se mostra leve, refrescante e contempla o paladar com equilíbrio entre sabor de lúpulo e a presença do malte, que remete a notas de pão fresco.

lata vo ana

E agora em fevereiro a inquieta cerveja Avós lançou a mais nova integrante do seu time, a Vó Ana, A Matrona, uma Lager feita com trigo, adição de semente de coentro e camomila tem visual amarelo palha, espuma branca cremosa, corpo leve, 5,1% de teor alcoólico e uma drinkability convidativa. Ao paladar a receita entrega, como resultado de seus 40 IBUs, amargor elegantemente presente e equilibrado. No nariz traz notas que remetem a frutas cítricas, como limão e tangerina, por conta da dupla Sorachi Ace e Mandarina Bavária, os lúpulos usados no dry hopping.

Quem quiser provar algum dos chopes da cerveja Avós, enquanto aguarda o serviço dos growlers e crowlers, ou conhece o espaço, é bem vindo e recebido com amendoins e tremoço, como um mimo para beliscar. Mas se a fome for grande, pode levar um lanche ou pedir uma pizza na sua pizzaria favorita, lá é igual casa de vó, pode tudo!

 

Horário de funcionamento: Terça à Sexta, das 17h30 às 21h30h, Sábados das 11h às 15h / a Casa Avós oferece o espaço eventos fechados aos sábados das 16h às 22h.

Botecagem na Moóca!

BARES PAULISTANOS SE REÚNEM PARA O BOTECAGEM! Vaca Véia, Filial, Brexó Bar & Cozinha, Galinheiro Grill, Zé Gordo, Dedo de Moça, Blá Bar e Gràcia bar lançam festival gastronômico aberto ao público, Botecagem, na Moóca, em São Paulo, no dia 11 de dezembro.

bolinho-de-arroz_filial

São Paulo se prepara para ganhar um novo festival gastronômico nos próximos dias. Um presente para a cidade, a primeira edição do Botecagem, com entrada gratuita, é fruto da união de icônicos bares da capital e promete receber amantes da “cultura de boteco” de todos os cantos de São Paulo, no dia 11 de dezembro, para provar deliciosas receitas reunidas em um único lugar.

Com música ao vivo e DJs, das 13h às 22h, o público poderá se deliciar com os petiscos vendidos em porções diferenciadas, dos disputados bares como Brexó Bar & Cozinha, Filial, Vaca Véia, Galinheiro Grill, Gràcia Bar, Zé Gordo, Dedo de Moça e Blá Bar, que podem ser acompanhados das cervejas geladas Original (R$ 8 – 300ml), Serra Malte (R$ 10 – 300ml) e Adriática (R$ 14 – 600ml).

bolinho-de-costela-brexo-bar

A ideia do Botecagem surgiu para homenagear a tradição de reunir turmas de amigos em torno de uma mesa, com cerveja gelada e deliciosos petiscos e promete, com uma edição anual, reviver esses momentos dentro e fora dos bares, fomentando novas receitas e atraindo ainda mais o público para essa nova experiência.

Serviço: Botecagem SP

Endereço: Rua Visconde de Parnaíba, 2910 – Moóca

Horário: 13h às 22h

Entrada: gratuita mediante nome na lista através do email – botecagem@haute.com.br

Informações: (11) 3063-3242

 

Dia d@ Bartender com as Divas no Boteco

No dia 04 de outubro, é comemorado o Dia d@ Bartender, profissional que cria e serve drinks elaborados, como é o caso das divas Adriana Pino e Talita Simões, do restaurante Méz e Oguru Sushi & Bar, respectivamente. São elas as responsáveis por assinar as cartas dos espaços paulistanos, localizados no Itaim Bibi, e imprimir seus estilos únicos em suas criações.

Quando eu conheci a Adriana Pino, ela era a Menina no Boteco do Brown Sugar, e eu soube na hora que ela era muito mais que uma bartender incrível que gosta de um bom papo de balcão. A sintonia entre nós foi tão legal, que viramos amigas dentro e fora do boteco.

IMG_3892

Com 11 anos de experiência, Adriana Pino usa e abusa de bons ingredientes para traçar uma carreira de sucesso como bartender: simpatia e competência. Foi a primeira classificada para o World Class Brasil 2016 e agora ela é a Diva no Boteco do Méz, no Itaim Bibi, que abriu suas portas em abril para oferecer coquetelaria e gastronomia em ambiente de estilo nova-iorquino. Adriana prepara diariamente drinks exclusivos, clássicos ou tradicionais que já ganharam consagração e muitos fiéis. “Venho aperfeiçoando a arte da coquetelaria clássica e moderna, estudando e experimentando novas misturas, combinando sabores e descobrindo um mundo de possibilidades”, afirma Adriana.

Já a Talita Simões, eu conheci quando ela era a Menina no Boteco do Side, depois presenciei seu show de Gim Tônicas no G&T, e fui testemunha da carta de drinks sensacional que ela fez para o Town Sandwich Co. Agora ela desenvolveu a carta de coquetelaria e é a Diva no Boteco do Oguru Sushi & Bar, localizado na mesma região de São Paulo.

IMG_3442

A bartender é uma das mais renomadas do Brasil e sempre encara um novo projeto de maneira exclusiva, além de desenvolver um trabalho especial e raro, focado na experiência sensorial que as bebidas podem proporcionar. Em 2011, Talita participou da final do concurso de coqueteleira Diageo World Class, concorrendo ao título de melhor bartender do mundo e chegando em 2º lugar como a melhor de toda a América Latina. Além disso, a responsável pela carta de drinks do sushi e bar no Itaim faz parte também do comitê internacional de Londres que determina, anualmente, os 10 melhores bares do mundo.

Quer conferir o trabalho das duas de pertinho? Abaixo estão os detalhes dos estabelecimentos e, em breve, eu trago mais novidades sobre essas duas Divas no Boteco!

Méz

Endereço: Rua Dr. Mario Ferraz, 561 – Itaim Bibi

Telefone: (11)2538-8197

Horário de Funcionamento: Segunda-feira: das 12h às 15h (almoço); Terça, quarta e quinta-feira: das 12h à 1h (das 15h às 19h – apenas área do Terraço); Sexta-feira: das 12h às 2h (das 15h às 19h – apenas área do Terraço); Sábado: das 12h às 2h; e Domingo: das 12h às 17h.

Forma de pagamento: Aceita todos os cartões.

Capacidade: 100 lugares sentados + área externa

Valet: R$ 25

Facebook: www.facebook.com/mez.sp

Instagram: @mez.sp

Wifi Sim / Acessibilidade Sim

Oguru Sushi & Bar

Endereço: Rua Campos Bicudo, 141 – Itaim Bibi

Telefone: (11) 2609-2622

Horário de Funcionamento: Almoço de Segunda a Sexta das 12h às 15h; Sábado e feriados das 12h às 16h; Jantar de Segunda a Quarta das 19h às 23h; Quinta a Sábado das 19h à 00h; e feriados até às 23h.

E-mail: contato@ogurusushibar.com.br

Forma de pagamento: Visa, Master, Amex, Elo e Vale Refeição

Capacidade: 60 lugares

Valet: R$ 20

Facebook: www.facebook.com.br/ogurusushibar

Instagram: @ogurusushibar

Wifi Sim / Acessibilidade Sim

Nova carta de drinks do Frank Bar

Na última terça feira, dia 16/08/2016, fui ao Maksoud Plaza, onde o bartender Spencer Jr. apresentou a nova carta de drinks do Frank Bar.

A nova carta de  drinks do Frank Bar, vem de encontro com a descrição do mesmo feita no menu, “Frank é um ambiente intimista e descontraído, onde entregamos toda nossa paixão pela coquetelaria”. A apresentação dos drinks foi realizada na nova sensação do Maksoud Plaza, a suíte 2117, uma das suítes presidenciais que foi totalmente redecorada pelo Felipe Morozini.

IMG_4187

Entre as novidades do Frank Bar, está o drink Santa Inês, um drink batido com teor alcoólico médio baixo, composto de Gin Bombay, Melocotón Marie Brizard, Jerez Manzanilla, grenadine, laranja bahia e limão tahiti.

IMG_4193

Outra novidade imperdível na nova carta de  drinks do Frank Bar, é o Dead Habit, um drink também batido, com teor alcoólico médio, é a combinação perfeita de Cachaça Leblon Merlet, Jameson Irish Whiskey, Cointreau, limão galego, Angostura Bitters e menta.

IMG_4202E para quem não abre mão dos clássicos o insubstituível Negroni foi armazenado em barris de amendoim e amburana.

Mais uma vez o Spencer Jr. apelou e perdeu a razão ao desenvolver uma das cartas de drinks mais perfeitas da cidade, nova carta de  drinks do Frank Bar é de aplaudir de pé!!!

 

Town Sandwich Co, coquetéis com personalidade!

Mais um endereço de peso para a coquetelaria nos Jardins, em São Paulo. Muito além dos sanduíches, no Town Sandwich Co, você encontra coquetéis com personalidade!

Inaugurado em julho de 2015, na Rua Doutor Melo Alves, 445, o Town Sandwich Co, comandado por Lucas Bassoleil em sociedade com os amigos Dionisios Vossos e Danilo Belfort, já era famoso por seus sanduíches modernos e diferenciados.

IMG_3454

Mas agora com a consultoria do The Little Gin Lane, parceria das bartenders Talita Simões e Nina Rodrigues, os coquetéis foram repaginados e estão sensacionais! Ainda bem que o bar do Town Sandwich Co fica de frente para um parklet, porque a calçada da Rua Doutor Melo Alves vai ferver!!

Os coquetéis que me surpreenderam e merecem destaque são o Moscow Mule (Vodka, suco de limão, simple syrup e espuma de gengibre), os Gim Tônicas que são a especialidade da Talita, entre eles o GT Forest (Gin Beefeater, gomos de tangerina e siciliano, angostura bitters, manjericão e tônica), o GT Town (Gin Beefeater, redução de capim santo, cardamomo, tomilho maçaricado e tônica), o GT Haway (Gin Beefeater com infusão de hibiscos, zimbro, canela, alecrim maçaricado e tônica, e o GT California (Gin Beefeater, redução de pimenta, semente de maracujá, siciliano e tônica).

Town-001

Porém, o mais inusitado e espetacular é o Bloody Head (defumado 2636 Vodka, suco de tomate temperado, bacon e salsão), essa versão defumada do Bloody Mary vem em um frasco em formato de caveira e serve quatro pessoas, isso mesmo, é um coquetel para ser compartilhado!

Para acompanhar os coquetéis com personalidade do Town Sandwich Co, sugiro as porções de Falafel (no prato servido com homus, acompanha pão pita) e de Fritas com Costela Desfiada e Fondue de Queijo que é um absurdo de tão boa!

Town

E como não dá para sair de lá sem comer um dos célebres sanduíches do Town Sandwich Co, minha sugestão vai para o Calamari (lula puxada com bacon, cebola roxa, tomate cereja, uva, páprica e limão siciliano com molho tártaro no pão de hot dog), que é de lamber os dedos e harmoniza perfeitamente com os Gin Tônicas!

Vá, coma, beba e seja feliz!

Para maiores informações, clique sobre o nome do estabelecimento no texto.