Botecagem na Moóca!

BARES PAULISTANOS SE REÚNEM PARA O BOTECAGEM! Vaca Véia, Filial, Brexó Bar & Cozinha, Galinheiro Grill, Zé Gordo, Dedo de Moça, Blá Bar e Gràcia bar lançam festival gastronômico aberto ao público, Botecagem, na Moóca, em São Paulo, no dia 11 de dezembro.

bolinho-de-arroz_filial

São Paulo se prepara para ganhar um novo festival gastronômico nos próximos dias. Um presente para a cidade, a primeira edição do Botecagem, com entrada gratuita, é fruto da união de icônicos bares da capital e promete receber amantes da “cultura de boteco” de todos os cantos de São Paulo, no dia 11 de dezembro, para provar deliciosas receitas reunidas em um único lugar.

Com música ao vivo e DJs, das 13h às 22h, o público poderá se deliciar com os petiscos vendidos em porções diferenciadas, dos disputados bares como Brexó Bar & Cozinha, Filial, Vaca Véia, Galinheiro Grill, Gràcia Bar, Zé Gordo, Dedo de Moça e Blá Bar, que podem ser acompanhados das cervejas geladas Original (R$ 8 – 300ml), Serra Malte (R$ 10 – 300ml) e Adriática (R$ 14 – 600ml).

bolinho-de-costela-brexo-bar

A ideia do Botecagem surgiu para homenagear a tradição de reunir turmas de amigos em torno de uma mesa, com cerveja gelada e deliciosos petiscos e promete, com uma edição anual, reviver esses momentos dentro e fora dos bares, fomentando novas receitas e atraindo ainda mais o público para essa nova experiência.

Serviço: Botecagem SP

Endereço: Rua Visconde de Parnaíba, 2910 – Moóca

Horário: 13h às 22h

Entrada: gratuita mediante nome na lista através do email – botecagem@haute.com.br

Informações: (11) 3063-3242

 

Dia d@ Bartender com as Divas no Boteco

No dia 04 de outubro, é comemorado o Dia d@ Bartender, profissional que cria e serve drinks elaborados, como é o caso das divas Adriana Pino e Talita Simões, do restaurante Méz e Oguru Sushi & Bar, respectivamente. São elas as responsáveis por assinar as cartas dos espaços paulistanos, localizados no Itaim Bibi, e imprimir seus estilos únicos em suas criações.

Quando eu conheci a Adriana Pino, ela era a Menina no Boteco do Brown Sugar, e eu soube na hora que ela era muito mais que uma bartender incrível que gosta de um bom papo de balcão. A sintonia entre nós foi tão legal, que viramos amigas dentro e fora do boteco.

IMG_3892

Com 11 anos de experiência, Adriana Pino usa e abusa de bons ingredientes para traçar uma carreira de sucesso como bartender: simpatia e competência. Foi a primeira classificada para o World Class Brasil 2016 e agora ela é a Diva no Boteco do Méz, no Itaim Bibi, que abriu suas portas em abril para oferecer coquetelaria e gastronomia em ambiente de estilo nova-iorquino. Adriana prepara diariamente drinks exclusivos, clássicos ou tradicionais que já ganharam consagração e muitos fiéis. “Venho aperfeiçoando a arte da coquetelaria clássica e moderna, estudando e experimentando novas misturas, combinando sabores e descobrindo um mundo de possibilidades”, afirma Adriana.

Já a Talita Simões, eu conheci quando ela era a Menina no Boteco do Side, depois presenciei seu show de Gim Tônicas no G&T, e fui testemunha da carta de drinks sensacional que ela fez para o Town Sandwich Co. Agora ela desenvolveu a carta de coquetelaria e é a Diva no Boteco do Oguru Sushi & Bar, localizado na mesma região de São Paulo.

IMG_3442

A bartender é uma das mais renomadas do Brasil e sempre encara um novo projeto de maneira exclusiva, além de desenvolver um trabalho especial e raro, focado na experiência sensorial que as bebidas podem proporcionar. Em 2011, Talita participou da final do concurso de coqueteleira Diageo World Class, concorrendo ao título de melhor bartender do mundo e chegando em 2º lugar como a melhor de toda a América Latina. Além disso, a responsável pela carta de drinks do sushi e bar no Itaim faz parte também do comitê internacional de Londres que determina, anualmente, os 10 melhores bares do mundo.

Quer conferir o trabalho das duas de pertinho? Abaixo estão os detalhes dos estabelecimentos e, em breve, eu trago mais novidades sobre essas duas Divas no Boteco!

Méz

Endereço: Rua Dr. Mario Ferraz, 561 – Itaim Bibi

Telefone: (11)2538-8197

Horário de Funcionamento: Segunda-feira: das 12h às 15h (almoço); Terça, quarta e quinta-feira: das 12h à 1h (das 15h às 19h – apenas área do Terraço); Sexta-feira: das 12h às 2h (das 15h às 19h – apenas área do Terraço); Sábado: das 12h às 2h; e Domingo: das 12h às 17h.

Forma de pagamento: Aceita todos os cartões.

Capacidade: 100 lugares sentados + área externa

Valet: R$ 25

Facebook: www.facebook.com/mez.sp

Instagram: @mez.sp

Wifi Sim / Acessibilidade Sim

Oguru Sushi & Bar

Endereço: Rua Campos Bicudo, 141 – Itaim Bibi

Telefone: (11) 2609-2622

Horário de Funcionamento: Almoço de Segunda a Sexta das 12h às 15h; Sábado e feriados das 12h às 16h; Jantar de Segunda a Quarta das 19h às 23h; Quinta a Sábado das 19h à 00h; e feriados até às 23h.

E-mail: contato@ogurusushibar.com.br

Forma de pagamento: Visa, Master, Amex, Elo e Vale Refeição

Capacidade: 60 lugares

Valet: R$ 20

Facebook: www.facebook.com.br/ogurusushibar

Instagram: @ogurusushibar

Wifi Sim / Acessibilidade Sim

Beefeater Mix LDN – Etapa Brasil

A maior competição à base de GIN do Mundo, a Beefeater Mix LDN, anuncia etapa brasileira em 2016. O campeonato que já percorreu 32 países, tem inscrições abertas até o dia 25 de setembro, no site http://www.beefeatermixldn.com. Os candidatos – bartenders profissionais e amadores – deverão elaborar um novo e criativo drink com gin, sob a temática “filmes que se passam em Londres”, já que a cidade, berço da Beefeater, e abrigou clássicos dos anos 60, filmes de espiões e inúmeras comédias românticas.

Sob avaliação da equipe da Pernod Ricard (detentora da marca), oito receitas serão escolhidas. “Queremos incentivar novidades em torno do gin – bebida que no Brasil cresceu 40% no último ano”, afirma Bruno Carvalho, responsável pela Beefeater no Brasil.

beefeater-mix-ldn-final-3

Após essa avaliação, os oito melhores estarão na final brasileira e apresentarão, no dia 20 de outubro, suas criações durante evento em São Paulo produzido pela agência Haute. A partir das 19h, quatro jurados especialistas na bebida e o público consumidor, poderão experimentar e votar na criação perfeita embalado por DJs.

O drink vencedor poderá ser degustado por todo o público – até o fim do ano – durante as festas da agência Haute e em diversos bares e restaurantes da cidade de São Paulo. O bartender vencedor ganha ainda uma viagem para Londres para participar da final mundial do Beefeater Mix LDN e 450 libras para gastar durante o período.

O ganhador do campeonato mundial poderá criar uma edição limitada de seu próprio Gin Beefeater em 2017, sob orientação do Destilador mestre mais experiente do Mundo – com 48 anos de carreira – Desmond Payne.

Nova carta de drinks do Frank Bar

Na última terça feira, dia 16/08/2016, fui ao Maksoud Plaza, onde o bartender Spencer Jr. apresentou a nova carta de drinks do Frank Bar.

A nova carta de  drinks do Frank Bar, vem de encontro com a descrição do mesmo feita no menu, “Frank é um ambiente intimista e descontraído, onde entregamos toda nossa paixão pela coquetelaria”. A apresentação dos drinks foi realizada na nova sensação do Maksoud Plaza, a suíte 2117, uma das suítes presidenciais que foi totalmente redecorada pelo Felipe Morozini.

IMG_4187

Entre as novidades do Frank Bar, está o drink Santa Inês, um drink batido com teor alcoólico médio baixo, composto de Gin Bombay, Melocotón Marie Brizard, Jerez Manzanilla, grenadine, laranja bahia e limão tahiti.

IMG_4193

Outra novidade imperdível na nova carta de  drinks do Frank Bar, é o Dead Habit, um drink também batido, com teor alcoólico médio, é a combinação perfeita de Cachaça Leblon Merlet, Jameson Irish Whiskey, Cointreau, limão galego, Angostura Bitters e menta.

IMG_4202E para quem não abre mão dos clássicos o insubstituível Negroni foi armazenado em barris de amendoim e amburana.

Mais uma vez o Spencer Jr. apelou e perdeu a razão ao desenvolver uma das cartas de drinks mais perfeitas da cidade, nova carta de  drinks do Frank Bar é de aplaudir de pé!!!

 

Holy Pasta, boteco sobre rodas

Comida sensacional, cerveja gelada e o atendimento indefectível fazem do Holy Pasta o melhor boteco sobre rodas, porque na rua é bem mais da hora, my friend!

Já tinha ouvido falar muito do Holy Pasta e já salivei bastante acompanhando sua página no Facebook e seu perfil no Instagram. Também já tinha acompanhado o trabalho do Adolpho Schaefer, dono do Holy Pasta, no programa Food Truck – A Batalha, do GNT. Mas foi na final do Jameson Bartender’s Ball que eu conheci o Adolpho pessoalmente, naquela ocasião eu era uma das juradas da competição e ele era o apresentador do evento, e foi muito legal porque o cara é simpático e divertido de verdade! Depois disso a vontade de conhecer o Holy Pasta só aumentou!

IMG_3893

O Holy Pasta tem uma loja fixa na rua Rodesia, 164, na Vila Madalena, em São Paulo. Mas o Food Truck está cada dia em um lugar estratégico perto de metrôs e de grandes centros empresariais, é possível conferir a agenda com os endereços nas redes sociais do Holy Pasta. Fui numa sexta feira, na rua Pais Leme, altura do número 500, e lá estavam eles à postos com aquele cheiro de macarrão irresistível.

Como ainda era cedo e eu tinha acabado de tomar café da manhã, sentei num banquinho e só fiquei observando o movimento. O Adolpho conta com a ajuda da Julieth, do Igor e do Marcelo, são quatro pessoas trabalhando num ritmo insano dentro do Food Truck para tudo sair nos conformes!

As opções de pasta são muitas, no dia que eu fui tinha o tradicional Holy Mac’n Cheese (macarrão espiral com molho de queijos com bacon e nachos, R$22), o Lemon Core (espaguete ao limone com mix de cogumelos, R$22), o H.P.I.T (ravióli integral com muçarela de búfala ao pesto de manjericão, R$25), o Holy Nutz (ravióli verde com ricota e nozes ao molho branco, R$22), o The Bulldog (nhoque à bolonhesa, R$20), o Especial Pais Leme (espaguete ao alho e óleo, com carne louca, creme de gorgonzola e parmesão, R$22) que fez o maior sucesso e acabou super rápido, o meu escolhido S.P. (pene ao ragu de porco hot, R$18, foto abaixo), o Old School (fettuccine ao pesto de manjericão, R$18), o Back to Basics (fettuccine ao pomodoro, R$18), além do Sanduba do Vagabundo (carne louca com creme de gorgonzola na baguete, R$16) e de sobremesa a indispensável Holy Rabanada (com doce de leite, R$6, foto abaixo). Ainda é possível adicionar almôndegas (cinco unidades) em todos os pratos por R$6.

Holy Pasta

 

Ah, para acompanhar tanta comida boa eles oferecem cerveja Miller, refrigerantes, chá gelado e água.

Gente, não perde tempo comendo em lugarzinho meia boca não, vai até o Holy Pasta e descubra que a felicidade é acessível e pode ser embalada para viagem por mais R$1,50. 😉

Porque na rua é bem mais da hora, my friend!