20 mil pessoas participaram da Semana Mesa SP

Novembro está sendo um mês super agitado, cheio de eventos. Um deles foi a Semana Mesa SP 2014, que aconteceu entre os dias 3 e 5 e reuniu 20 mil pessoas, 140 chefs da cozinha nacional e internacional e 30 produtores de diversas regiões do país, em 150 atividades paralelas.

Nós passamos por lá no intervalo entre um evento e outro, foi o tempo de tomarmos uma cerveja no estande da Baden Baden e conversarmos com alguns produtores, mas a vontade de ficar e assistir à todas as palestras foi enorme!!!

01

 

Segue abaixo o release enviado pela assessoria de imprensa da Semana Mesa SP, para maiores informações:

O evento foi promovido pela revista Prazeres da Mesa e Senac – SP que, este ano, abordou o tema “Conexão Essencial: o produtor familiar e a cozinha”.

Subiram ao palco do congresso internacional Mesa Tendências grandes nomes da gastronomia nacional e internacional, para apresentar à plateia a história e as particularidades dos seus mais fiéis produtores. A chef Roberta Sudbrack trouxe Dona Fátima (brotos e ervas), do Sítio Verde Orgânicos, Brejal-Petrópolis/RJ; o chef Guga Rocha apresentou Rafaela Suassuna (queijo de cabra inspirado nos quilombos), de Recife/PE; a chef Ana Luiza Trajano palestrou ao lado dos produtores João Neto (porcos Monteau) e Patrícia Polato (Linguiçaria Real de Bragança), Bragança Paulista/SP. Também no Mesa Tendências aconteceu o lançamento do Guia Alimentar da População Brasileira, que contou com a participação do Prof.º Carlos Monteiro e Patrícia Jaime, do Ministério da Saúde.

Entre as atrações internacionais, merece destaque a divulgação dos assuntos discutidos na reunião do G11, Conselho Internacional do Basque Culinary Center, formado por onze dos mais importantes cozinheiros do mundo com a participação do prestigiado chef espanhol Ferran Adriá, do francês Michel Bras, do japonês Yukio Hattori, do chileno Rodolfo Guzman, do mexicano Enrique Olvera, do espanhol Joan Roca, do peruano Gastón Acurio e do brasileiro Alex Atala, que este ano assumiu o papel de anfitrião. Também palestraram no evento o argentino Antonio Soriano, ao lado do caçador Joaquim Schittko e jornalista e escritora Soledad Barrut que falou sobre ‘o futuro da alimentação se houver comida no futuro’.

O encerramento ficou a cargo do chef francês Michel Bras, um dos mais influentes do mundo. Em bate-papo com o jornalista Josimar Melo, ele emocionou a plateia ao falar sobre suas inspirações e seus pratos mais emblemáticos como o gargouillou e o bolinho coulant (receita que inspirou o petit gâteau). O público presente também conheceu o tema da Semana Mesa SP para 2015: “A Nova Gastronomia: compartilhando, cultura, conhecimento e paixão.

Muito disputado pelos comensais, o Mesa Ao Vivo proporcionou cerca de 30 atividades diárias, com aulas abertas com notáveis chefs, degustações com opções de vinhos, espumantes e cervejas especiais. Por lá, o público conheceu ingredientes e aprendeu receitas de diferentes regiões do Brasil em aulas ministradas por chefs como Janaina Rueda, Bar da D. Onça (São Paulo); Manu Buffara, do Manu (Curitiba); Edinho Engel do Amado (Bahia), Wanderson Medeiros, do Picuí (Alagoas), Floriano Spiess, do Cozinha do Autor (Porto Alegre), Kátia Barbosa do bar Aconchego Carioca e Flávio Miyamura, do Miya. Na área etílica, aconteceram os workshps com degustações como o Wine of Argentina e a palestra sobre a harmonização entre Cachaça e Queijo, com Jairo Martins e o mestre queijeiro italiano Renato Brancaleone.

O Farofa estreou na programação da Semana Mesa SP com a missão de fortalecer as raízes da cozinha brasileira e estreitar a relação entre comensais público, produtores, chefs e restaurantes. Com entrada gratuita, a feira gastronômica comercializou cerca de 7.240 refeições nos food trucks e barracas com comidas regionais elaboradas por chefs consagrados como Wanderson Medeiros, do restaurante Picuí (AL), Edinho Engel, do Amado (BA), Onildo Rocha, Grupo Roccio (PB), Marcos Livi do Veríssimo Bar (SP) e chef do Slow Food. O local também acolheu 10 barracas de produtores familiares onde o público interagir e adquiriu os ingredientes diretamente dos produtores de diferentes regiões do País.
Apaixonados por queijos puderam degustar e votar no Primeiro Concurso de Queijos Artesanais do Brasil, promovido pela Mercearia Mestre-Queijeiro e pelo Slow Food Brasil. Nesta primeira edição, entraram na disputa cerca de 100 tipos de queijos de produtores de todo o país, que foram premiados com selos ouro, prata e bronze, não havendo um único vencedor.

O Mesa na Cidade, que aconteceu nos dias 4, 5 e 6 de novembro nos restaurantes Attimo, Tuju e Miya, reuniu notáveis chefs que elaboraram primorosos Jantares Magnos. No dia 4, os chefs Jefferson Rueda, Rodrigo Oliveira, Thiago Castanho e Alberto Landgraf cozinharam juntos no restaurante Attimo. Já no dia 5 as panelas do restaurante Tuju foram comandadas pelos chefs Lucas Bustos, Kamilla Seidler, Ivan Bielawski, Antonio Soriano e Michelangelo Cestari. No dia 6, o Miya, recebeu os chefs Flávio Miyamura, Daniel Redondo e Manu Buffara.

Ranking do Torresmo

Como já contamos aqui, tudo começou com a ideia de fazer um ranking do melhor torresmo experimentado por nós. Enquanto o Blog não ficava pronto, colocamos nossas opiniões no nosso Instagram na medida em que íamos degustando a iguaria nos botecos e bares da vida.

A ideia dos rankings é avaliar a porção em si e não o estabelecimento. Às vezes as melhores receitas estão escondidas em lugares que nem imaginamos. Nossa meta é ser fiel a análise do item escolhido para figurar no ranking sem levar em consideração o ambiente em que ele está inserido.

Para resenhas de lugares que visitaremos daqui em diante, temos a sessão RAIO X, que trará todas as nossa impressões a cerca de cada estabelecimento e suas peculiaridades.

Vamos relatar brevemente, em ordem de visitação, sobre cada uma das porções que entraram no Ranking do Torresmo, para que daqui em diante vocês possam nos acompanhar nas nossas aventuras pelos pratos da baixa gastronomia! Preparamos uma tabela para ficar fácil de visualizar nossas opiniões e nas demais avaliações manteremos o formato escrito.

 

VISÃO GERAL – RANKING DO TORRESMO

1. Savema (São José dos Campos – SP)
2. Cervejaria Devassa (São José dos Campos – SP)
3. Fazenda Ouro Fino Wiba! (Torre de Pedra – SP)
4. Bar do Coronel (São José dos Campos – SP)
5.Capital da Vila – Anchieta (São José dos Campos – SP)
6. Guten Bier (São José dos Campos – SP)
7. Bar do Veloso (São Paulo – SP)
8. Santo Onofre (São José dos Campos – SP)

 

TORRESMOS

 

TABELA DE AVALIAÇÃO

 

Tabela do Torresmo

 

 

Tabela Torresmo 2