Cervejaria Bohemia e Bauernfest em Petrópolis

No último sábado, dia 25/06/2016, fui visitar a Cervejaria Bohemia e a Bauernfest em Petrópolis.

Foi um bate e volta super rápido, mas foi o suficiente para conhecer a lindíssima Cervejaria Bohemia e a animada Bauernfest, além de me apaixonar por Petrópolis e experimentar cervejas sensacionais.

Eu e mais um grupo super divertido, chegamos em Petrópolis e fomos direto para a cervejaria, lá vimos um pouco de onde é feita a produção das cervejas e onde estão os barris da Bohemia Reserva, uma cerveja do estilo Barley Wine, envelhecida por mais de 12 meses.

IMG_2692

Saindo de lá fomos para a Bauernfest, a Festa do Colono, que está na sua 27a edição e que espera a visita de 300 mil visitantes durante os 10 dias de festa. O evento resgata as raízes germânicas da cidade com a chegada dos primeiros alemães em 1845, com apresentações folclóricas, culinária alemã e muito chope Bohemia, inclusive a cervejaria produziu um chope exclusivo com o nome da festa que é muito bom!

IMG_2693

Voltamos para almoçar no restaurante da Cervejaria Bohemia, que foi todo reformado. E oferece pratos típicos alemães, entre outras opções a preços muito acessíveis.

IMG_2698Eu comi o Schnitzel, um filé à milanesa enorme que acompanha salada de batatas, para harmonizar eu tomei várias cervejas, inclusive uma Wäls Brut, elaborada através do método champenoise. E claro, muitas Bohemias, como a 14-Weiss, a Bohemia Reserva, a Bohemia Imperial, a Caá-Yari, a 838 Pale Ale e o chope Bohemia Bauernfest!

Bohemia

 

E como sempre, as companhias fizeram toda a diferença e eu quero muito agradecer à todos, a Tatiana da In Press Porter Novelli, a Cecilia do Yes We Cook, o Diego do BuzzFeed Brasil, o Gustavo, o Rafael que estava representando o Bar do Celso, e o Rodrigo do Hypeness. Super obrigada, sem vocês o dia teria sido bom, mas não seria tão divertido!!!

Para maiores informações, clique sobre o nome da cervejaria, no primeiro parágrafo do texto.

Pineapple Route – Absolut Elyx

Na última terça feira, dia 10 de maio, fomos convidadas para conhecer o projeto Pineapple Route da Absolut Elyx, primeira vodka de luxo do país.

Rafael Mendes, embaixador de Absolut Elyx no Brasil, nos explicou o processo de fabricação da Absolut Elyx e nos ensinou a fazer quatro coquetéis com a vodka, sendo um deles no famoso abacaxi de cobre.

Absolut Elyx é a primeira vodka de luxo do mercado, fruto da herança centenária que data desde 1879, quando Absolut foi fundada em Ahus, na Suécia. O processo de produção é completamente artesanal, vai desde a colheita do trigo até ao engarrafamento, e segue os rigorosos padrões do Master Distiller, Krister Asplund, e de seus especialistas sensoriais, que degustam e aprovam cada pequeno lote. Produzida exclusivamente com trigo do castelo de RABELOF, no sul da Suécia, Absolut Elyx é destilada artesanalmente em um alambique de cobre de 1921, resultando em uma vodka de sabor aveludado e inigualável. Totalmente artesanal, a produção da bebida se torna limitada e exclusiva. Recentemente, a vodka foi reconhecida com a premiação de “Best Vodka” e “Double Gold Medal” na San Francisco World Spirits Competition de 2013.

IMG_1421

O projeto Pineapple Route, começará no próximo dia 16, em sete dos mais conceituados bares e restaurantes da cidade de São Paulo. Até 19 de junho, Maní, Miya, Bar Número, Banana Café, Bossa, Chez Oscar e Sarau irão oferecer cada uma um drinque inédito elaborado com a vodka e servido no abacaxi de cobre, um dos símbolos da marca.

“O mix de casas que formam o roteiro do Pineapple Route se destaca tanto pela alta gastronomia como pelo trabalho dos seus bartenders. Cada um foi convidado a usar sua expertise em mixologia para criar uma receita autoral e surpreendente que combinasse com o toque aveludado de Absolut Elyx e ao mesmo tempo refletisse o espírito de cada casa”, explica Rafael Mendes, embaixador de Absolut Elyx no Brasil.

Protagonista da ação, o abacaxi de cobre foi adotado como ícone da marca por ser considerado, na história da Europa, símbolo de hospitalidade e bem receber. Transformado em objeto de desejo, o abacaxi de cobre serve alguns dos cocktails mais luxuosos do mundo elaborados com Absolut Elyx. Além disso, o cobre remete ao cuidadoso e quase secular processo de destilação em colunas de cobre, que garante uma pureza maior ao processo de produção artesanal da vodka.

 

As casas participantes irão oferecer ainda o Easy Money, uma mistura leve e adocicada de sucos de maçã, limão e uva verde, guarnecido com uvas e fatias de maçã, drinque signature da marca no mundo todo. Conheça todas os locais e as criações participantes do #PineappleRoute:

IMG_1422

BANANA CAFÉ
Drinque: Maracusour (R$ 65)
Bar que foi sucesso nos anos 90 e reabriu recentemente suas portas para virar point cool no bairro do Itaim Bibi, o Banana Café criou o Maracusour como parte do Pineapple Route. Mauro Lucas, bartender da casa, se inspirou no símbolo de Absolut Elyx ao criar a receita rica em sabores e aromas tropicais que leva Absolut Elyx com infusão de pepino e cardamomo, maracujá fresco, suco de limão siciliano, clara de ovo e xarope de açúcar.

BOSSA
Drinque: Elixir do Bossa (R$ 75)
Um espaço que integra bar, restaurante e estúdio idealizado pelo empresário e artista multidisciplinar Renato Ratier, o Bossa une gastronomia, música e coquetelaria. Jean Dal Acqua, chef de bar da casa, nomeou de Elixir do Bossa sua criação que leva Absolut Elyx, xarope de tamarindo, suco de limão siciliano, tintura de especiarias e pimentas de cheiro maceradas.

CHEZ OSCAR
Drinque: The Ocean Drive (R$ 65)
Localizado no endereço mais cool de São Paulo, o restaurante Chez Oscar é conhecido pela atmosfera intimista, a clientela moderna e a curadoria musical que agita a noite paulistana reunindo artistas, fotógrafos, modelos, estilistas e músicos em um só lugar. Para o Pineapple Route, o bartender da casa preparou o The Ocean Drive que leva Absolut Elyx, sucos de pêssego, abacaxi e de limão, xarope de açúcar, finalizado com pimenta caiena.

MANÍ
Drinque: Jardim do Éden (R$ 85)
O Maní, restaurante de gastronomia contemporânea dos premiados chefs Helena Rizzo e Daniel Redondo, participa do Pineapple Route com o drinque Jardim do Éden. A chefe de bar Márcia Martins, que trabalha há dez anos na casa, se inspirou na leveza da vodka para criar a receita que leva Absolut Elyx, champagne Perrier-Jouët, abacaxi flambado, suco de limão siciliano, xarope de melaço, folhas de hortelã, manjericão e sálvia e mini flores para decorar.

IMG_1423

MIYA
Drinque: Wahine (R$ 60)
Com um nome que significa templo em japonês, o restaurante Miya do renomado Chef Flávio Miyamura surpreende pela experiência gastronômica descomplicada e criativa no aconchegante endereço no bairro de Pinheiros. O bartender da casa, Walter Fraigola Acosta, criou o drinque Wahine (que denota mulher, em havaiano), inspirado na cultura Tiki e na hospitalidade brasileira. Leva Absolut Elyx, sucos de grapefruit e tangerina, manjericão e soda de baunilha.

BAR NÚMERO
Drinque: Amethyst (R$ 75)
O Bar Número, na região nobre dos Jardins, participa do Pineapple Route com uma criação do premiado chefe de bar Derivan de Souza. Inspirado pelo perfume charmoso de notas frutadas, berries e violeta de hibiscos, o drinque intitulado Amethyst associa à vodka Absolut Elyx ingredientes como gelatina de framboesa com cassis, xarope Kaly Violeta, Amarena italiana, biter de hibiscos, gelo e champagne Perrier-Jouët Brut, completando o brinde de uma forma única.

SARAU
Drinque: Sarau Blackberry (R$ 78,90)
O gastrobar Sarau é conhecido por apostar alto no conceito contemporâneo de equilibrar a carta de drinques com um menu mais gourmet, conceito que reflete na criação do bartender Matheus Zandona. O Blackberry é uma mistura de Absolut Elyx, suco de cramberry, abacaxi, geleia de amora, manjericão, xarope de hibisco e bitter de angostura.

Vá de táxi
Como parte da sua política de consumo consciente, Absolut Elyx oferece um voucher de R$ 20 do aplicativo Easy Taxi na compra de um dos drinques participantes do Pineapple Route.

Bardega, um wine bar impressionante no Itaim Bibi

O Bardega é um wine bar localizado no Itaim Bibi, em São Paulo, que impressiona pela sua beleza, sofisticação e variedade de vinhos oferecidos.

Com estilo inovador, um acervo de 110 rótulos e um ambiente que convida a uma boa conversa, o Bardega é um dos melhores bares de vinho do país e o que oferece a maior oferta de vinhos em taça na América Latina. São 12 máquinas Enomatic disponíveis no bar, de onde os próprios clientes podem se servir na dose que desejam (30ml, 60ml ou 120ml), além de um charmoso Champagne Bar ao ar livre.

Bardega2

No Bardega, os amantes do vinho podem fazer um passeio panorâmico pelos mais importantes produtores de vinho do Novo e do Velho Mundo, unindo variedade, qualidade e preços acessíveis. Além da ótima carta de vinhos, o bar se destaca pela gastronomia. À noite, o wine bar oferece opções perfeitas para harmonizar com os rótulos disponíveis.

Aos domingos, o Bardega inclui no cardápio dez sabores de pizzas, elaboradas com queijos e ingredientes artesanais pelo chef Daniel Martins. As opções foram pensadas  para harmonizar com os 110 rótulos de vinhos servidos nas enomatics do wine bar.

São dez sabores no cardápio. Embutidos produzidos na casa são os ingredientes principais de pizzas, como a de Prosciutto, queijo raclette mineira e azedinha (R$ 40), a de Sour cream, ricotta, pancetta defumada e alho poró (R$ 48) e a de Linguiça calabresa da casa, semente de erva-doce e muçarela (R$ 40).

IMG_4976

Há também opções que são releituras de clássicos das redondas, como a de Mozarela tradicional (R$ 40), Tomates secos, queijo grana padano, berinjela defumada e muçarela (foto acima, R$ 48), Muçarela de búfala, tomates italianos e manjericão (R$ 40), Provolone Stravecchio, rúcula e tomate seco (R$ 40), Quatro formaggi, com muçarela de búfala, raclette mineira, pecorino romano e provolone stravecchio (R$ 48), Queijo do Serro, cogumelos da estação e muçarela (R$ 48) e a Pizza à Carbonara (R$ 48).

E até o fim do verão o Bardega realiza Festival do Rosé. Esse tipo de vinho é proveniente na maioria das vezes de cortes de uvas tintas, que possuem características leves, podendo ser cítricas, frutadas e florais, o que faz com que combinem perfeitamente com os dias mais quentes.

Bardega1

Nas Enomatics, serão seis os rótulos de rosés disponíveis para serem degustados em taças, de regiões que compõem os diversos terroirs produtores de vinhos, como europeus e americanos.

Os vinhos do festival são: Bodegas Salentein Portillo Malbec Rosé 2015 (R$ 5 30ml/ R$ 10 60 ml/ R$ 18/ 120 ml), da região de Mendoza, na Argentina, De Martino Gallardia del Itata Cinsault Rose 2014 (R$ 8 30ml/ R$ 16 60ml/ R$ 29 120ml), do Vale do Itata, no Chile, Chareau L’ Escarelle Mes Bastides Provence 2014 (R$ 10 30 ml/R$ 20 60ml/ R$ 36 120ml), da França, Vetiver Rosé de Ontanon 2014 (R$ 6 30ml/ R$ 12 60 ml/ R$ 22 120ml), da Espanha, Alento Rosé 2014 (R$ 7 30ml/ R$ 14 60ml/ R$ 25 120ml), da região de Alentejo, em Portugal e Zaccagnini Montepulciano D’Abruzzo Rose Tralcetto Cerasuolo 2012 (R$ 10 30ml/ R$ 20 60ml/ R$ 36 120ml), de Abruzzo, na Itália.

IMG_4957

E o wine bar oferece opções para comemorações de fim de ano. Para celebrar a chegada do fim de ano, muitas empresas oferecem festas aos seus colaboradores. Por isso, o Bardega criou pacotes fechados para a famosa “festa da firma” que no wine bar pode ser celebrada com vinhos de diversas regiões do mundo e com iguarias da alta gastronomia.

O pacote disponibilizado para 30 convidados custa R$ 259 por pessoa e inclui jantar com entrada de seleção de embutidos preparados na casa e mousse de gorgonzola e menu principal de risotto de funghi e entrecôte de Angus. Além de água e refrigerante, os convidados recebem um cartão de vinho que dá acesso aos 110 rótulos das Enomatics no valor de R$ 100. Há opções de reservas para no mínimo 10 pessoas e no máximo 150 pessoas, com diferentes preços por pessoa.

Além do pacote de confraternização, às terças, há double vinho tinto e, às quintas, double vinho branco, o que pode ser uma opção para festas mais intimistas também. As promoções acontecem das 18h30 às 20h30. As quartas, há cortesia de jarras de sangria e clericot para mesas com quatro mulheres. Mais informações podem ser obtidas no telefone: (11) 2691-7578.

Frigobar – The Original Speakeasy: Suspense na dose certa

Frigobar – The Original Speakeasy, um Speakeasy de verdade em São Paulo, traz suspense e mistério na dose certa.

Entre 1920 e 1933, a os Estados Unidos sofreram com a Lei Seca, ela proibia o consumo, fabricação, venda e transporte de qualquer bebida alcoólica, mas quem é que conseguiu ficar sem um drink para amenizar os tempos difíceis? Ninguém!

FullSizeRender

Nessa época surgiram inúmeros Speakeasies, bares clandestinos, escondidos em porões, e os bartenders tiveram de se virar com o pouco que chegava. A dificuldade tornou-se oportunidade, e a criatividade brotou. Clássicos eternizados até hoje nasceram ali naqueles subsolos sujismundos e improvisados, em que as banquetas eram barris vazios, e os balcões viviam lotados em espaços minúsculos. Foram 13 anos que mudaram para sempre a coquetelaria mundial.

Foi pensando em matar a curiosidade de quem adoraria ter vivido naquela época e se arriscar em um Speakeasy por mais gole que os bartenders Pablo Moya, Diego Dillon e Sylas Rocha, também sócios do NOH Bar e da Flairbrasil, e o restaurateur Liu Fukushima, e depois de mais de três anos de pesquisa, mais de 30 bares visitados nos Estados Unidos e na Europa, mais de 15 livros pesquisados, mais de 100 horas de filmes e séries assistidos, mais de um ano desenvolvendo o cardápio de coquetéis e uma pesquisa aprofundada sobre a trilha sonora da época, que decidiram criar um bar secreto focado em coquetelaria clássica.

E deu super certo!

IMG_3791

Os mistérios estão por todos os lugares, desde a entrada do Speakeasy, uma porta escura sem número, para entrar você precisa dizer um senha, uma pessoa completamente inusitada abre a porta e te leva por caminhos obscuros até uma passagem secreta.

Quando você entra no bar, se sente transportada para outra época, onde está o cardápio? Vai ter que achar… O bar recebe no máximo 30 pessoas por noite, somente às terças e quartas, com horário limitado para a entrada. Os drinks são espetaculares, as surpresas (performances e rituais) vão surgindo o tempo todo. O ambiente é aconchegante e bem escurinho a trilha sonora é focada em jazz e blues do período.

Se você também quer viver essa experiência cheia de suspense e mistério, deverá fazer com antecedência a reserva pelo e-mail: frigobarsp@gmail.com, e o pagamento do ingresso, que dará direito a um pacote que inclui um welcome drink, três coquetéis à escolha do cliente, Frigobar Experience, água à vontade, couvert, sobremesa e café especial.

Vá e divirta-se do começo ao fim!

Jameson Backyard by Meninas no Boteco

Certo dia nós acordamos com a seguinte mensagem: “A real é que queremos que as Meninas no Boteco sejam as hostess do Jameson Backyard, no sábado, 07/11, primeiro dia do evento aberto ao público”. Nossos corações pararam de bater, ser hostess da Jameson Irish Whiskey é muita responsabilidade, é uma das maiores marcas de whiskey do mundo, mas vamos explicar tudinho desde o começo.

O que é Jameson Backyard? Trata-se de um espaço de 900 m², ao ar livre, construído exclusivamente para abrigar o projeto que traz um conjunto de experiências reunindo músicas, jogos, workshops, artes, drinques e gastronomia, tudo com o whiskey irlandês!

IMG_4148

O evento acontece pelo segundo ano consecutivo, na Vila Madalena, e conta com uma série de atividades interativas, como duelos de jogos de bar; um “pebolim humano”, em que os jogadores serão os próprios participantes; workshops de serigrafia e oficina de zines; além de preparação de drinques incríveis feita por mixologistas da Jameson, com o Irish Whiskey. Vai ter, inclusive, um farmer’s market oferecendo insumos vindos de pequenos produtores selecionados pela dupla de chefs Helena Pasqual e Pedro Roxo, que estão mandando muito bem nos burgers e outros quitutes irresistíveis.

IMG_4118

As Meninas no Boteco foram convidadas para serem as hostess da abertura do evento ao público, no dia 7 de novembro, neste dia houve uma degustação guiada pela embaixadora da Jameson, a super simpática Juliana Pereira, que explicou todo processo de fabricação do Jameson Irish Whiskey e também fez uma comparação super didática entre o Jameson, o whiskey escocês e o americano. As pick-ups ficaram sob comando dos Djs Luisa Viscardi e Nepal. E no final do dia, teve show do Emicida. Nem precisamos dizer que o evento teve lotação máxima e muitas pessoas ficaram da rua assistindo o show.

Com curadoria de Bruno Bocchese e André Bandim, do bar Mandíbula, a programação do domingo (8) começou com o projeto Ranch-o-Rama. O evento seguiu com shows da banda Roçabilly Brothers, e atrações internacionais. Pela primeira vez no Brasil, o multi-instrumentista Lone Wolf trouxe sua performance one man band, com muito blues e rock. Encerrando o dia, o Dj e produtor musical Peanut Butter Wolf, responsável por um dos selos de hip hop mais importante dos Estados Unidos, trouxe seu repertório com o melhor do estilo.

Mas o Jameson Backyard ainda não acabou! No dia 14, DJs Marcelo Botelho, Pathy de Jesus e Nuts animam o público. O show final do sábado traz o rapper Thaíde acompanhado de Tassia Reis e Pulse 011. No domingo (15), o projeto, sob curadoria do grupo Balsa, apresenta os Djs Renato Foster e Elohim, seguido do Dj Marky. No último final de semana de novembro, o Jameson Backyard tem uma programação especial. Dia 28, a festa Selvagem é seguida pela apresentação da banda paulista Holger. No domingo (29), os Djs Nascii e Vitor Kurc ocupam o espaço seguido pela performance da Aldo The Band.

Programe-se e convide seus amigos para curtirem o quintal mais inusitado do planeta!

JAMESON BACKYARD

Onde: Rua Girassol, 283 – Vila Madalena
Quando: 14, 15, 28 e 29/11
Horário: 14h às 22h
ENTRADA GRATUITA // SUJEITO À LOTAÇÃO