C.O.D. Craft On Draft – Cerveja de qualidade na porta da faculdade

O recém inaugurado C.O.D. Craft On Draft oferece cerveja de qualidade na porta da faculdade, deu até vontade de voltar a estudar!

Meninas e meninos da FAAP e todos os outros moradores de Higienópolis e região, localizado na Rua Alagoas, 900, o C.O.D. Craft On Draft é um bar muito bacana, especializado em cervejas artesanais, principalmente chope e algumas raridades em garrafa.

IMG_2356

 

São 10 torneiras, sendo duas fixas com rótulos exclusivos da casa, uma Bohemian Pilsen (ABV: 5,0% e IBU:25) e uma American IPA (ABV: 7,5% e IBU: 60) e oito rotativas – garimpadas a dedo, entre nacionais e importadas.

O projeto do C.O.D. Craft On Draft é do Uri Benedykt, que já trabalhou com importadoras de cervejas, insumos para cerveja e também com bares e restaurantes. Ele montou um sistema bem legal para servir o chope nas melhores condições possíveis e um ambiente bem despretensioso, pensado para atrair quem gosta de cerveja mesmo, sem complicações gourmetizadas.

C.O

Como acompanhamento para tantos chopes, eu recomendo a deliciosa tábua de queijos e a maravilhosa empanada tradicional que o C.O.D. Craft On Draft oferece para harmonizações inesquecíveis!

Para maiores informações, clique no nome do estabelecimento, no primeiro parágrafo do texto.

Blondine Rock Fest 2016

Ontem, 18 de junho, aconteceu o Blondine Rock Fest 2016! Eu fui e adorei!!

A segunda edição do Blondine Rock Fest foi na fábrica da cervejaria em Itupeva, interior de São Paulo, para comemorar 6 anos de existência e consagração no mercado cervejeiro brasileiro.

Além dos chopes da Blondine (RockFest 2016, Nelson Sauvin Red IPA, TRIO verde, Jackpot Helles, Bad Moose Export, Bad Moose Weiss, Bad Moose Belgian Pale Ale, Bad Moose ESB, Horny Pig Session IPA, Hop Damage Imperial IPA, Volcano Coffee Stout, Papito, Witbier Acerola, Blond Ale, Pinã Colada), chopes de outras cervejarias estavam presentes como: Nacional (Kurupira Ale), Backer (Brown Ale), GuaruBier (Weiss com Laranja), Invicta (Saison à Trois), Perro Libre (803 Black Rye IPA), Madalena (OAK Stout), Babel (Lucky Jack), Cevada Pura (Lemondrop), Maniba (Robust Porter), Opera (Pumpkin Ale), Karavelle (Red Ale), Tupiniquim (Saison de Caju), Noi (SchwarzBier), Walfänger (Doppelbock) e Irmãos Ferraro (Altbier). E até um torneira de água com gás lupulada. Tudo à vontade!

FullSizeRender

Todas as pessoas que estiveram presentes no Blondine Rock Fest ganharam uma garrafa de 500ml da nova versão da Cerveja RockFest, que também estava disponível em chope durante o evento, além de uma caneca personalizada e um abridor de garrafas (Realli Importadora).

A gastronomia ficou por conta do Chef Ronaldo Rossi com sanduíches generosos e petiscos bem gostosos. Teve também o Food Truck Pastel de Feira e o Chef Lucas Corazza com doces artesanais.

IMG_2504

A música garantiu a animação com a banda surpreendente Dirty Jack ACDC Cover, a Banda Jolly Rogers e o Supla.

Mas a melhor parte do evento foi, sem dúvida, encontrar e conhecer pessoas sensacionais e muito divertidas, como a Juliana, embaixadora da Blondine, que fez tudo acontecer de forma impecável; os animadíssimos: Claudio da CervejolândiaTaiga da MhaltLeon da AmbevNaya do Etílicos; Jana e Elder (e o Rodrigo) do Boteco & Cerveja, Adriana e Andrea que eu conheci no meio de tanta diversão!

Blondine Rock Fest 2017 chega logo, por favor!!

Home, o bar é o meu lar

Como vocês sabem, eu moro em São José dos Campos, e fico perambulando de casa em casa toda vez que vou para São Paulo. Mas agora meus problemas acabaram, achei minha casa em São Paulo: Home, o bar é o meu lar!

13479766_10205700459385457_285905106_n

O Home, localizado na Rua Matias Aires, 94, quase na esquina com a Rua Augusta, foi inaugurado há pouco tempo. Seus donos são os mesmos do vizinho Hotel Bar, eles me explicaram que o Home tem uma pegada mais intimista é mais focado em coquetéis, enquanto o Hotel tem o foco nas cervejas.

Quem caprichou na carta de drinks e comanda o bar do Home é o bartender Tom Oliveira. Entre suas criações o  Coney Island “Rabo de Galo da Casa” (cachaça Yaguara, Carpano, limão, laranja e anis, foto superior, à esquerda) se destaca como uma releitura sofisticada e perfumada do clássico que eu chamo carinhosamente de “o drink da minha infância”.

Outro coquetel autoral que chama atenção é o Jessica Parker “Cosmopolitan da Casa” (Vodka Stolichnaya Blue Berry, purê de morango, Cramberry, licor de laranja e limão siciliano).  Além dos autorais é possível se deliciar com clássicos, como o Negroni ou o Gim Tônica Hendricks (foto superior, ao centro).

Se você prefere cerveja, o Home oferece os quatro chopes da Brooklyn Brewery (foto superoir, à direita). E para acompanhar tantas bebidas deliciosas, a casa tem opções deliciosas de cachorros quentes e hambúrgueres!

Vamos pra casa?! 😉

Para maiores informações clique no nome do estabelecimento, no primeiro parágrafo do texto.

Chico e Alaíde, uma orgia gastronômica no boteco

São mais de 40 tipos de petiscos que fazem do Chico e Alaíde uma orgia gastronômica no boteco!

Localizado numa das esquinas mais movimentadas do Leblon, no Rio de Janeiro, o Chico e Alaíde, é um ponto de encontro para as boêmias e boêmios do bairro.

IMG_7844

Os petiscos do Chico e Alaíde são de deixar qualquer um de boca aberta! Então vá com fome e entre nessa orgia de cabeça na porção de carne seca com farofa (foto acima).

IMG_7847Depois se jogue sem pudor no bobozinho de macaxeira com camarão, no totivendo de jerimum com camarão e catupiry, no nosso querido torresminho e na “impossível comer uma só” muquequinha da Alaíde (foto acima).

IMG_7845

Mas vai comer tudo isso sem beber nada? Lógico que não! As caipirinhas do Chico e Alaíde dão vontade de mergulhar dentro do copo (foto acima) e o chope é estupidamente gelado!

Para maiores informações, clique no nome do estabelecimento, no primeiro parágrafo do texto.

Galeto Sats, a melhor saideira do Rio de Janeiro

Com porções super saborosas, chope gelado, caipirinhas caprichadas e muitas opções de cachaças, o Galeto Sats, é a melhor saideira do Rio de Janeiro.

Localizado no coração de Copacabana, no Rio de Janeiro, o Galeto Sats, é um boteco espetacular!

IMG_7838

Nossa sugestão é chegar e pedir de cara um chope gelado, uma porção de pão de alho e uma porção de coração de galinha! Aí já vai dar para ter ideia de como a sua experiência no Galeto Sats vai ser repleta de sabores e sensações.

Em seguida, peça a farofa de ovo e o galeto, se estiver com muita fome peça um picanha fatiada também! Para acompanhar, uma caipirinha de limão ou maracujá, de cachaça, é lógico!

IMG_7840

Agora decida quais das porções do Galeto Sats você gostou mais e peça de novo para acompanhar as várias cachaças que você vai querer experimentar!

Ah, e por que é a melhor saideira do Rio de Janeiro? Porque o Galeto Sats fica aberto todos os dias, do meio dia até às 5h da manhã. Juro! E sim, sempre está cheio!

Para maiores informações, clique no nome do estabelecimento, no primeiro parágrafo do texto.